: Junho 2017


Uma das dificuldades que muitos homens têm consiste em determinar se uma mulher está ou não interessada em algo mais do que amizade. Por vezes isto pode ser complicado, pois muitas mulheres são naturalmente amigáveis, o que pode facilmente ser confundido com interesse sexual. Ao encontrar-se com uma mulher, saber determinar se ela se sente ou não atraída por si poderá ajudá-lo, não só a evitar situações constrangedoras, como também a avançar no momento certo.


O olhar 

O olhar diz muito, por isso é extremamente importante prestar-lhe o máximo de atenção possível. Geralmente, uma mulher desinteressada evitará contacto visual prolongado. Isso pode ser um forte sinal de desinteresse e desconforto. Por outro lado, uma mulher que se sinta verdadeiramente atraída por si irá querer olhá-lo nos olhos e apreciá-lo o máximo possível. Um olhar fixo, atento e penetrante costuma ser um forte sinal de interesse, por isso fique atento.

Postura corporal

Uma postura corporal relaxada e receptível é um bom sinal de interesse e à-vontade. Uma mulher que o encare de frente, com o tronco "desprotegido" e mantenha uma certa proximidade consigo sente-se, certamente, muito bem perto de si. Contrariamente, se ela evitar encará-lo de frente, mantiver uma certa distância e frequentemente cruzar os braços, poderá interpretar isso como um sinal de desinteresse.

Sorriso

Este é outro aspecto no qual deverá prestar muita atenção. Uma mulher que esteja a retirar prazer da sua interacção consigo irá certamente sorrir regularmente. Um sorriso natural conjugado com uma troca de olhares penetrante poderá dizer imenso sobre aquilo que ela pensa de si.

Curiosidade sobre si

Uma excelente forma de determinar o nível de interesse de uma mulher durante um encontro é prestando atenção no quão interessada em saber mais sobre si ela parece estar. Tipicamente, uma mulher interessada fará muitas perguntas e demonstrará um elevado grau de curiosidade relativamente à sua vida.

Contacto físico 

Nem todas as mulheres terão iniciativa de iniciar qualquer tipo de contacto físico. No entanto, aquelas que o fizerem estarão a confirmar um interesse quase garantido em si. Neste âmbito, contacto físico poderá ser um simples toque no braço durante uma conversa. Uma mulher que se sinta atraída poderá aproveitar toda e qualquer oportunidade para estabelecer contacto físico consigo, mesmo que de uma forma muito inocente e sem qualquer tipo de conotação sexual.




O primeiro encontro apresenta a capacidade de determinar rapidamente o futuro de uma relação. Aqui tem a oportunidade mais importante de impressionar e mostrar tudo aquilo que vale. Um primeiro encontro decepcionante é o suficiente para que a possibilidade de um segundo seja de imediato colocada de parte. Por essa razão, é crucial fazer os possíveis para para causar uma boa impressão e destacar-se pela positiva. Ainda que, conseguir revelar-se uma companhia agradável e uma pessoa interessante seja o mais importante, a qualidade do programa escolhido para o primeiro encontro também poderá exercer um impacto determinante na opinião que a outra pessoa desenvolverá a seu respeito.

A escolha de um programa interessante, divertido, e de preferência original, poderá contribuir eficazmente para tornar todo o encontro agradável, quebrar o gelo e facilitar a interacção entre duas pessoas que ainda não se conhecem bem, mas quando entretidas por um programa aliciante, poderão desenvolver um nível muito elevado de à-vontade perto uma da outra, o que aumentará as probabilidades de um segundo encontro.

Programas como um jantar, uma ida a um café, a um bar ou a um cinema são bastante típicos e aceitáveis. No entanto, não o ajudarão a tornar-se memorável para a outra pessoa, e poderão até revelar-se entediantes, pois constituem algo que qualquer pessoa faz numa base regular. De modo a quebrar a rotina e surpreender o seu par, de seguida deixaremos algumas sugestões para um primeiro encontro um bocadinho mais fora do habitual.

Desportos radicais

Gosta de desporto e aventura? Então talvez seja uma boa ideia convidar a pessoa que vai conhecer para uma sessão de desportos radicais à sua escolha. Será uma experiência diferente para ela e certamente que o fará destacar-se de todos os outros primeiros encontros que ela já teve até agora. Poderá complementar o programa com um bom almoço, lanche ou jantar.

Zoo

Ainda que à primeira possa parecer uma ideia um pouco infantil, a realidade é que uma ida ao Zoo constitui um programa divertido e relaxante, que lhe permitirá conhecer a pessoa em questão sem correr o risco de ficar sem assunto e originar silêncios desconfortáveis, uma vez que mesmo que não tenha a capacidade de aprofundar muito a conversa logo no primeiro encontro poderão sempre falar dos animais em exposição, que tendem sempre a ter um efeito muito positivo no humor dos visitantes. Ter um ponto de interesse no qual se possam focar é sempre uma excelente forma de quebrar o gelo e evitar desconforto.

Parque aquático

Com o verão a aproximar-se, uma ida a um parque aquático pode resultar numa tarde muito bem passada e num primeiro encontro memorável. Não é o tipo de programa muito habitual para um primeiro encontro, mas é certamente divertido e entusiasmante, o que num primeiro encontro é sempre importante, pois ajuda a amenizar o constrangimento originado por uma possível falta de química/conversa.

Concerto

Se ambos gostarem de música e houver a oportunidade de irem ver uma banda que seja do agrado dos dois, talvez devam aproveitá-la. Não só será divertido, como ajudará a reafirmar uma possível compatibilidade relevante existente entre os dois.

Passeio 

Um simples passeio poderá revelar-se uma das melhores ideias para um primeiro encontro. É simples, agradável, pouco comprometedor e proporcionar-lhe-á a oportunidade de que precisa para ter uma conversa agradável com a pessoa em questão. Poderá, tanto ser uma simples caminhada, ou até um passeio de bicicleta. Se ambos gostarem de animais e tiverem cães, porque não passeá-los em conjunto?

Bowling 

Um jogo interessante e agradável que lhe proporcionará um programa muito animado e competitivo, através do qual poderá também beber um copo, comer uns snacks e ter boas conversas durante o evento. Digamos que é uma forma relaxante de ter um encontro mais activo sem ter de abdicar da oportunidade de conversar e ficar a conhecer melhor a outra pessoa.

Museu 

Um museu é um programa que qualquer pessoa inteligente e apaixonada por cultura apreciará. Esta escolha, para além de original, transmitirá uma ideia favorável a seu respeito e proporcionar-lhe-á uma experiência muito interessante. Conheça os gostos e interesses da outra pessoa, e se conseguir encontrar um museu que se coadune com os mesmos, aproveite e convide-a. Isto, obviamente, só resultará com alguém que seja também interessada por história e cultura.






O primeiro encontro é sempre estranho. Existe sempre grande expectativa e nervosismo. Mesmo que já conheça a pessoa, quer seja de um círculo de amigos, do trabalho, ou até mesmo via online, o primeiro encontro a sós, está sempre rodeado de nervosismo que pode atrapalhar, porque afinal todos nós desejamos que o primeiro encontro seja épico e perfeito. Por isso hoje estamos aqui para lhe indicar 5 erros que deve evitar no seu primeiro encontro.


1. Falar sobre os Ex’s
É capaz de ser o erro mais comum. Por vezes é quase inevitável comparar “ai o meu ex-namorado não fazia isto, a minha ex-mulher estava sempre a dizer isso”, pode até mesmo ser verdade o que está a dizer, mas fique apenas com isso no seu pensamento. Mesmo que o seu ex seja um amigo em comum, e se for a outra pessoa a puxar o assunto, tente mudar o tema, e explicar mesmo que quer desfrutar daquele momento com a pessoa e não pensar em mais nada nem ninguém. Se cair no erro de falar no seu ex, tente não falar mal dele ou dela, visto que o primeiro encontro serve para que a outra pessoa tenha boa impressão sua, e o que achará se você guarda rancor do seu ex? Para não falar que afinal se está num encontro, é porque decidiu seguir em frente com a sua vida, por isso deixe no passado o que deve ficar no passado.

2. Ter demasiada confiança
Ser confiante e ter uma boa autoestima é importante, mas cuidado com o excesso. Como diz o ditado popular: o que é demais, enjoa. O primeiro encontro serve para duas pessoas se conhecerem melhor, e se você passar o tempo todo a falar de si, dos seus feitos e das suas coisas, vai acabar por afastar a pessoa. Também deverá ter atenção na escolha do programa do primeiro encontro, pois a outra pessoa pode não gostar. Quando uma pessoa fala demasiado sobre si, dá a impressão que numa relação amorosa também irá pensar só em si e no seu bem-estar, e todos sabemos que uma relação é para ser vivida a dois, e que ambos importam de igual forma.


3. Falar sobre a sua vida
Claro que pode falar sobre a sua vida, como o que gosta de fazer, sobre a sua família e trabalho, mas com moderação. É apenas o primeiro encontro, se correr bem, terá muitos mais encontros para partilhar com a outra pessoa tudo sobre a sua vida. Não faça com que o outro se sinta como um psicólogo onde você irá desabafar sobre seus problemas e angustias. Relaxe e fale de coisas que o fazem feliz, que irão transmitir bem-estar. O primeiro encontro deverá sempre ser relembrado com boa disposição, risos e sobretudo com vontade de conhecer mais a pessoa. Se der a conhecer tudo de si, que interesse terá para o futuro?

4. Não ser você mesmo
Por vezes o nervosismo e o medo da rejeição faz com que não sejamos nós mesmos. É fundamental que você seja o que realmente é. Para quê mostrar uma coisa que ao longo do tempo se irá descobrir que não era real? Com isto também me refiro aos demasiados elogios que possa fazer durante o encontro, pois isso poderá ser cobrado mais tarde, outro exemplo é estar sempre de acordo em tudo com a outra pessoa. As pessoas são diferentes e cada uma tem a sua opinião e diferentes pontos de vista e por vezes é isso que atrai as pessoas, as diferenças complementam-se. Escolha também um programa para o primeiro encontro que se adeqúe a si e à outra pessoa, para que ambos se sintam confortáveis. A outra pessoa terá que gostar de você tal e qual como é, com os seus defeitos e suas qualidades, assim evitará comentários do tipo “você não era assim quando te conhecia”. Esta dica aplica-se a tudo, quer na sua roupa, à forma de falar, de estar e pensar. Seja você mesmo!


5. Não falar demasiado em sexo
Para algumas pessoas, o sexo ainda é tabu no primeiro encontro, mas para outras não o é, e até pode surgir a conversa, mas atenção, não fale nem puxe demasiado no assunto. Se falar apenas ou muitas vezes em sexo, dará a entender que é apenas isso que quer, e apesar de existirem pessoas que o queiram no primeiro encontro e acharem normal e uma boa forma de concluir um bom primeiro encontro e deixando a vontade de repetir mais vezes, para outras pode ser um indicio que a relação pode não ter futuro e ficar apenas pelo primeiro encontro, tendo apenas o sexo como objetivo. E sejamos sinceros, não existindo sexo no primeiro encontro e se estivermos interessados no nosso par, é mais um incentivo para que continue a conhecer a pessoa e trabalhar para construir uma relação.
Com tecnologia do Blogger.