: Agosto 2017




Ainda que os homens adorem gabar-se em relação à sua performance sexual, a realidade é que, de acordo com alguns estudos realizados, perto de 50% dos homens atinge o orgasmo em não mais do que 2 minutos. A ejaculação precoce é um problema bastante persistente na comunidade masculina e pode surgir como o resultado de uma enorme diversidade de desordens físicas e psicológicas. Felizmente, há algumas técnicas bastante simples que poderá experimentar, e que quase certamente o ajudarão a prolongar um pouco mais a relação sexual, permitindo-lhe assim dar mais prazer à sua parceira.

Masturbe-se antes

Uma excelente forma de garantir uma relação sexual mais longa é masturbar-se cerca de uma hora antes de estar com a sua parceira, o que ajudará a aliviar muita da tensão sexual. Homens que se masturbam antes de terem relações tendem a aguentar consideravelmente mais tempo do que aguentariam caso não o tivessem feito.

Utilize preservativos mais grossos

Preservativos com maior densidade ajudarão a reduzir a sensibilidade, retardando assim o orgasmo. Para quem não gosta de utilizar preservativos, esta ideia pode não ser muito bem recebida, mas a realidade é que resulta mesmo.

Pratique Yoga

Para além de ser uma prática que lhe trará imensos benefícios para a saúde geral do seu corpo, o yoga é conhecido por fortalecer os músculos do pavimento pélvico, o que contribuirá para um maior nível de controlo sobre os espasmos de orgasmos. Através da prática regular desta actividade terá assim a oportunidade de melhorar consideravelmente a sua performance sexual.

Treine o controlo do orgasmo

Esta é uma técnica que pode ser praticada, tanto sozinho, quanto com a sua parceira, e essencialmente consiste em interromper a estimulação durante cerca de um minuto sempre que sentir que está a chegar perto do orgasmo. Ao praticar esta técnica regularmente poderá vir a desenvolver um maior nível de auto-controlo sexual, atingindo assim a capacidade de aguentar mais tempo durante a relação.

Cremes

Existem cremes anestésicos que lhe permitem reduzir consideravelmente a sensibilidade peniana, ajudando assim a retardar o orgasmo. Costumam conter lidocaína ou prilocaína e tendem a apresentar um grau de eficácia bastante exemplar, pelo que, vale a pena ponderar esta opção, caso as restantes não funcionem e não queira para já recorrer a medicação.




Os sites de encontros oferecem-nos a oportunidade de termos acesso rápido a um elevado número de pessoas. Para quem frequenta estes sites, não é raro travar contacto com diversos utilizadores e receber a atenção de muitos possíveis pretendentes, o que por vezes pode dificultar a decisão relativamente a qual deles merece algo mais do que uma simples conversa virtual. Para facilitar esta decisão e evitar perdas de tempo desnecessárias, é importante levar em conta um pequeno conjunto de factores que poderá ajudá-lo a determinar se vale ou não a pena encontrar-se com a pessoa com quem tem falado online.

Compatibilidade de interesses

Ainda que possa existir atracção física, haver pelo menos alguma compatibilidade de interesses é crucial para que uma relação funcione. Ao interagir online com a pessoa deverá tentar explorar possíveis interesses em comum, uma vez que sem eles uma interacção cara a cara poderá perder o vapor muito rapidamente, a menos que a mesma seja de natureza puramente sexual. 

Compatibilidade de valores

A  existência de conflitos de valores é meio caminho andado para uma relação não resultar. Tentar conhecer os valores da pessoa em questão é uma excelente forma de determinar se vale ou não a pena dar-se ao trabalho de marcar um encontro. Alguém com quem não consiga estabelecer uma boa conexão neste âmbito dificilmente se revelará a pessoa certa para si. 

Fluidez de diálogo 

Se uma conversa não for suficientemente boa online, dificilmente o será ao vivo. Marcar um encontro apenas valerá a pena se concluir que os vossos diálogos fluem com  facilidade e a conversa é sempre interessante. Se estiver a comunicar online com alguém com quem tem uma grande facilidade de falar e também com quem é fácil ter discussões interessantes, então é bem possível que um encontro ao vivo possa vir a correr às mil maravilhas, o que faz com que valha a pena arriscar. 

Compatibilidade de objectivos

Através de uma simples interacção online é, muitas vezes, perfeitamente possível determinar se existe ou não compatibilidade de objectivos. Será que a outra pessoa procura retirar da vossa relação o mesmo que você? Esta uma questão que deverá tentar esclarecer antes de marcar um encontro ao vivo. Imaginemos que a outra pessoa anda à procura de um relacionamento sério, mas a si só lhe apetece ter uma amizade colorida. Numa situação destas, o melhor é mesmo evitar o desenvolvimento da relação, pois nenhum dos dois ficará satisfeito com aquilo que o outro tem para oferecer. 

Estilo de vida 

Encontrar-se com uma pessoa que tem um estilo de vida completamente diferente do seu dificilmente produzirá resultados favoráveis. Imagine que a pessoa que vai conhecer bebe, fuma e adora sair à noite, enquanto você odeia tabaco, não bebe e prefere programas mais caseiros. Consegue imaginar-se a ter uma relação com alguém que quer exactamente o oposto daquilo que você quer? Pense bem nisso antes de ter a iniciativa de passar do contacto virtual para o presencial. 

Use a sua intuição

Dar ouvidos à sua intuição pode ajudá-lo a contornar muitos problemas. Se houver algo na pessoa que não lhe inspire confiança, então o melhor será mesmo manter a distância. Esta simples regra ajudá-lo-á a evitar imensos problemas. 
Com tecnologia do Blogger.