: 6 Dicas para manter a chama acesa

6 Dicas para manter a chama acesa

1 Comments
Por vezes pode ser difícil manter a chama acesa numa relação, principalmente se já for uma relação duradoura, ou um casamento e até mesmo que já existam filhos. A rotina pode instalar-se facilmente e é algo a evitar. O amor deve ser trabalhado todos os dias, não pode ser visto como um dado adquirido. Uma relação constrói-se e todos os dias deverá existir algo novo, nem que seja uma palavra, um gesto ou olhar. Confira ao longo do artigo 6 dicas para manter a chama acesa da sua relação.


1. Provoque o seu parceiro durante o dia
Uma coisa é certa, durante o namoro não nos fartamos de enviar mensagens ao nosso amor, e ao longo do tempo é um hábito que se vai perdendo, principalmente entre os casais que já partilham uma vida, ou seja, que já vivem juntos. Um beijo, um amo-te e até logo é o que basta, pelo menos é o que se acha. Envie uma mensagem durante o dia, diga que tenha saudades, envie uma mensagem mais picante ou envie uma foto sua. Se sair de casa antes do seu par, porque não deixar bilhetes por casa de forma a provocar e a abrir apetite para uma noite escaldante?

2. Beije de verdade
Os beijos ao longo do tempo vão tornando-se um pouco banais, quando a relação já é longa. Muita gente diz “eu não saio de casa sem dar um beijo ao meu marido”, “sempre que chego a casa beijo a minha mulher”. E agora eu pergunto-lhe: Que tipo de beijo lhe dá, um beijo chocho ou um beijo com sentimento, com paixão? Os beijos fazem toda a diferença, pois são eles que nos fazem despertar os sentidos. Surpreenda o seu par e dê um bom beijo de despedida antes de irem trabalhar! Com certeza ficará muito mais bem-disposto e ansioso por chegar a casa!

3. Valorize-se
Uma coisa que pode acontecer com os casais é caírem na monotonia e deixarem de se preocupar consigo mesmos. No início de uma relação queremos muito agradar o nosso par, e com isto refiro-me ao aspeto físico. Queremos nos sentir bonitos, e arranjamo-nos mais, pomos sempre perfume, e cuidamos muito mais nosso aspeto, de forma a ter muito mais confiança. Com o passar do tempo, deixamos de incluir pequenas coisas na rotina, como a maquilhagem nas mulheres, ou a camisa nos homens, por exemplo. Mesmo uma ida a um restaurante, pode não ser tão cuidada como nas primeiras vezes. Surgem pensamentos como “Porque me maquilhar se ele me vê todos os dias sem, e se gosta de mim da forma natural?” ou “estou muito mais confortável de t-shirt e calças de ganga”. São essas pequenas coisas que podem diminuir o interesse sem que se aperceba. Valorize-se e será valorizado pelos outros!

4. Namore e muito!
São casados? Vivem juntos? Já têm filhos? Então continue a namorar! Depois dos problemas, das responsabilidades tem existir sempre espaço para a paixão, para o namoro. Quando este espaço se perde, a relação irá também se perder. Porque não fazer alguns jogos eróticos? Continue a namorar, continue a fazer coisas que fazia no namoro. Marque encontros e arranje-se como se fosse o primeiro. Marque um fim-de-semana a dois, vá ao cinema, vá a um espetáculo, vá passear a um jardim, até pode ser com os vossos filhos, deixem-nos orgulhosos por verem que seus pais ainda estão apaixonados, sentem-se num banco de jardim e deem as mãos, andem de mão dada, toquem-se. Adaptem o namoro à vossa vida, mas nunca o coloquem de fora!

5. Não invente desculpas
Se não quer alguma coisa, seja verdadeiro e diga que não ou então diga a verdadeira razão para não querer. Não invente desculpas! Aproveite os momentos, se o seu par quer fazer algo porque não dar uma oportunidade e fazer, quem sabe se não vai gostar mesmo e desfrutar do momento? Se aceitar fazer algo que o seu parceiro deseja, terá mais hipóteses de ele ou ela também aceitar uma sugestão sua. Afinal tudo o que damos, recebemos. Esta dica engloba todas as atividades a dois, desde o sexo que pode não querer naquele momento, mas se aproveitar até poderá gostar e muito, até um passeio sugerido pelo seu par, que você não apetece ir porque está cansado, mas se calhar até lhe ia fazer bem.

6. Não tenha vergonha
Ao longo de uma relação à que perder a vergonha, isto englobando tudo o que diz respeito numa vida a dois. Perca a vergonha de dizer o que realmente pensa, não tenha medo de falar se não concorda com algo, não tenha vergonha do seu corpo, chega a hora de perder a vergonha de fazer sexo com as luzes acesas, sinta-se à vontade de ser quem realmente é, pois o seu parceiro está ao seu lado porque o ama como é, com seus defeitos e qualidades, independentemente do seu aspeto físico ou forma de pensar. Seja você mesmo!


You may also like

1 comentário:

Com tecnologia do Blogger.